Afinal, videoaulas para concurso prestam?
Dicas Para Concursos -

Afinal, videoaulas para concurso prestam?

Videoaulas são um método de estudo polêmico entre os concurseiros. Ultimamente, a corrente que repudia as videoaulas tem ganhado força entre os concurseiros. Dizem que videoaulas não prestam. Que, assistindo às videoaulas, os concurseiros se enganam em um processo pouco ativo. Quem condena as videoaulas defende que o estudo só rende, só funciona, quando através da leitura ou da leitura combinada com resumos.

Isso tem feito alguns concurseiros empenhados se perguntarem se é necessário abandonar as videoaulas. Vamos esclarecer suas dúvidas aqui, explicando o que tem ensejado esse desdém as videoaulas. Já adiantamos que não há necessidade de expulsar as videoaulas da sua vida. Lendo esse artigo, você descobrirá porquê.

Por que tanto desprezo às videoaulas?

Você provavelmente já está cansado de saber que o estudo para concurso requer muito foco e muita concentração. A matéria cobrada sempre parece infinita, o tempo é pouco e a dificuldade é alta. Por isso, o tempo que você separa para estudar é precioso e deve ser aproveitado ao máximo.

Nesse sentido, assiste alguma (pequena) razão a quem condena as videoaulas. No esforço dos professores em dar uma aula didática, às vezes aula tem um ritmo que pode ser devagar demais para quem já está avançado. Se você já tem conhecimento da matéria, pode sentir que o professor está pausando demais em um assunto que você já está entendeu há muito tempo. Se esse for seu caso, é possível que as videoaulas pareçam também rasas em comparação ao conhecimento que você já acumulou.

É possível estudar ativamente com Videoaulas

Muitos defendem também que as videoaulas são uma forma passiva de aprender e que o aluno não guarda a matéria a longo prazo. Isso está completamente errado! O que vai tornar o estudo para concurso público ativo ou passivo é o esforço e a dedicação do estudante.

Se o aluno está há duas horas lendo a apostila, mas a cabeça está na coxinha que é vendida na esquina, esse estudo será tão eficaz quanto duas horas na praia só que muito menos divertido. De modo diverso, o aluno pode estar assistindo à videoaula com seu foco completamente voltado àquilo.

Para tornar o seu estudo com esse tipo de material mais ativo, você pode fazer anotações ou criar resumos e mapas mentais enquanto as assiste. Faça o que funcionar melhor para você lembrar dos conceitos a longo prazo.

Ter um professor faz a diferença

Para que o aluno consiga aprender, é necessário que o material seja inteligível. Todos nós temos tipos diferentes de aprendizado. Existem muitas pessoas que ainda aprendem melhor escutando o professor explicar a matéria.

Então, se você consegue entender a matéria por meio das videoaulas melhor do que por texto, USE AS VIDEOAULAS, USE MUITO! Não há nenhum problema nisso. É claro que o estudo é sempre mais completo quando você alia dois ou mais meios, por isso separe um tempo para ler as apostilas e fazer resumos ou mapas mentais também.

O tempo é um grande inimigo nos concursos públicos, mas de nada adianta fazer do estudo uma verdadeira corrida e deixar de aprender os temas com precisão.

Quando é recomendável usar as videoaulas?

As videoaulas para concurso público são uma ótima ferramenta para revisar a matéria que já foi estudada. Então, depois de ler sobre um determinado tópico, ao invés de ler outra vez aquilo que já foi lido, você pode assistir a uma videoaula para rememorar os conceitos.

Nem todo mundo concorda sobre esse ponto, mas você pode também usar as videoaulas quando você não souber nada sobre o assunto. Às vezes a didática do professor faz que você compreenda melhor do que horas lendo o mesmo trecho no livro. Evidente que isso não dispensa a leitura depois. Leitura é sempre importante. Essa dica é especialmente útil se você for alguém que tem um aprendizado auditivo.

O aluno é quem faz a diferença!

Não são poucos os aprovados por meio das videoaulas, basta procurar relatos de pessoas que foram aprovadas. Então, chega de dizer que videoaulas são perda de tempo! Perda de tempo é estudar sem concentração ou não conseguir entender nada daquilo que está sendo estudado.

A escolha das videoaulas que serão utilizadas é uma etapa muito importante. Quando escolher as suas videoaulas, é muito importante que você use videoaulas de um bom cursinho que conte com professores renomados. Assim, você terá certeza da confiabilidade da informação que é passada pelo professor.

Seguindo as dicas explanadas aqui, não há o que temer o utilizar as videoaulas. Bons estudos!

Videoaulas Gratuitas para Concursos

Quer dicas e informações exclusivas sobre Concursos Públicos?

Conteúdo relacionado

8 regras de ouro dos concurseiros de sucesso

8 regras de ouro dos concurseiros de sucesso

É impressionante como alguns concurseiros de sucesso têm domínio completo sobre vários assuntos diferentes. Você pode achar que isso é um privilégio de uma casta de estudantes excepcionais, mas não é! Usando de alguns artifícios simples, mas ainda desconhecidos para a maioria dos concurseiros, é possível memorizar a matéria melhor e por mais tempo. Separamos nesse artigo oito regras de aplicação simples que já deveriam ser um MANTRA para todos os concurseiros.

Posso estudar para vários concursos ao mesmo tempo?

Posso estudar para vários concursos ao mesmo tempo?

A maioria dos especialistas em concurso público recomendam que você foque em um concurso por vez. Atirar para todo lado, ao contrário do que alguns acreditam, pode fazer que você não acerte em nada. Estudar para dois concursos de uma vez pode ser a receita para um desastre. Melhor é focar em um certame por vez. Além disso, quando se tem o foco em um só certame, fica mais fácil conhecer com profundidade as especificidades daquele concurso.

Métodos de Estudo para Concurso que Funcionam

Métodos de Estudo para Concurso que Funcionam

Ser aprovado em Concurso Público não é uma questão de sorte. O segredo todo mundo sabe: estudo. Muuuuuuito estudo! Mesmo assim, muita gente passa anos tentando sem sucesso. O problema é que pouca gente sabe estudar. É verdade! Muita gente passa horas na frente de um livro, achando que está estudando, quando na verdade não está apreendendo nada. O método que a maioria dos alunos usava para estudar nos exames da faculdade é insuficiente quando se trata de concurso.